Temas polêmicos: O que os brasileiros pensam sobre 7 temas polêmicos

Tempo de leitura: 5 minutos

Aborto, maioridade penal, descriminalização do uso da maconha e até sexo antes do casamento – veja a opinião dos brasileiros sobre temas polêmicos

 

Temas polêmicos: O que os brasileiros pensam sobre 7 temas polêmicos

  • 1. A opinião dos brasileiros sobre temas que dividem a sociedade(ThinkStock/BrianAJackson)

 

  • São Paulo – Diante de assuntos controversos, uma parte considerável dos brasileiros tende a optar pela opinião mais conservadora sobre o assunto. Pelo menos é o que revelam várias pesquisas feitas nos últimos meses e compiladas por EXAME.com. Por exemplo, mesmo em casos de estupro, mais de 40% dos brasileiros reprovam o aborto, enquanto apenas um terço apoia o casamento entre pessoas do mesmo sexo. .  Navegue pelas fotos e veja a opinião dos brasileiros sobre outros temas que dividem a sociedade. Os dados foram retirados de estudos recentes feitos pela agência de pesquisas brasileira Hello Research e pelo instituto americano Pew Research Center.

 

  • 2. 47% dos brasileiros não concordam com a descriminalização do uso da maconha(Pablo Porciuncula/AFP)
  • Quase metade da população brasileira não é favorável à descriminalização do uso da maconha. Um quinto dela é totalmente favorável e 12% dos brasileiros se mostram indiferentes ao tema. A rejeição à proposta é maior entre pessoas com mais de 45 anos e moradores das regiões Norte e Centro-Oeste. Quando o assunto é a descriminalização do uso de outras drogas, como cocaína e crack, a rejeição é ainda maior – 57% dos brasileiros são totalmente contrários.  Os dados fazem parte de uma pesquisa do instituto Hello Research feita em junho deste ano. A empresa ouviu mil pessoas de 70 cidades de todas as regiões do país em junho deste ano. A margem de erro é de três pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%.

 

  • 3. Apenas um terço dos brasileiros é favorável ao casamento entre pessoas do mesmo sexo(Antoine Antoniol/Getty Images)
  • Um terço dos brasileiros entrevistados disseram ser favoráveis à união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas quase metade da população ainda não concorda com o casamento de homossexuais. Para 21% dos brasileiros, o tema é indiferente. De acordo com o levantamento feito em junho deste ano pela Hello Research, as classes sociais D e E são ligeiramente menos favoráveis à bandeira LGBT. As regiões do país em que a união civil entre homossexuais é menos aceita são Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Nas três regiões, 62% da população das três regiões não concorda com a união de pessoas do mesmo sexo.

 Apenas um terço dos brasileiros é favorável ao casamento entre pessoas do mesmo sexo

  • 4. 80% dos brasileiros concordam com a redução da maioridade penal(Marcello Casal Jr/ABr)
  • Oito em cada dez brasileiros acreditam que jovens de 16 anos devem responder criminalmente por seus atos. A redução da maioridade penal, tema debatido recentemente na Câmara dos Deputados, ganha maior apoio no Nordeste. Lá, 86% da população diz concordar com a redução.  No Sudeste, esse percentual é de 82%. As regiões Norte e Centro-Oeste são as mais radicais: 96% querem que a maioridade penal passe de 18 para 14 anos. Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Hello Research em junho deste ano. A pesquisa ouviu presencialmente mil pessoas com mais de 16 anos de todas as classes sociais em 70 cidades de todas as regiões do país.

 

  • 5. 44% dos brasileiros não concordam com a legalização do aborto – mesmo em casos de estupro(Philippe Huguen/AFP)
  • Apenas 15% dos brasileiros concordam com a legalização do aborto. Cerca de 70% dos entrevistados se posicionam contra a medida em qualquer situação. Nos casos de gravidez resultante de estupro, o resultado se divide – 44% são a favor do aborto e 44% são contra.  As classes D e E são mais avessas à legalização (51% em casos de estupro e 75% em qualquer situação). Na subdivisão por idade, os mais jovens – de 25 a 34 anos – são mais favoráveis à medida, tanto para os casos de estupro (49%) quanto para qualquer situação (19%). Os dados fazem são da agência de pesquisas Hello Research. Para o levantamento, foram ouvidas mil pessoas de 70 cidades de todas as regiões do país.

 

  • 6. Quase 85% dos brasileiros não toleram a traição(thinkstock)
  • Para 84% dos brasileiros é inaceitável que uma pessoa casada tenha relações extraconjugais. A constatação faz parte de uma pesquisa recente feita pelo instituto Pew ­Research Center sobre questões morais.  O posicionamento dos brasileiros sobre o tema é similar ao encontrado nos Estados Unidos, mas é mais conservador do que o da população de países como China, Argentina e França.

 

  • 7. 64% dos brasileiros consideram os jogos de azar como inaceitáveis(Thinkstock)
  • Dados do instituto Pew ­Research Center mostra que, para 64% dos brasileiros, os jogos de azar são inaceitáveis.  No Paquistão, que aparece em primeiro lugar na lista de países com as posições mais conservadoras sobre o tema, 95% da população não aceita os jogos de azar. Na França, última colocada na mesma lista, 13% das pessoas veem os jogos como algo errado.

 

  • 8. 35% dos brasileiros veem o sexo antes do casamento como algo inaceitável(Ibrakovic/ThinkStock)
  • Pouco mais de um terço da população considera inaceitável que pessoas façam sexo antes do casamento. Quase metade dos brasileiros considera aceitável e 14% da população acredita que essa não é uma questão moral. Os dados são de uma pesquisa recente feita pelo instituto Pew ­Research Center sobre questões morais. A mesma pesquisa mostra que na Indonésia, primeiro lugar na lista dos países com posições conservadoras sobre o tema, 97% da população veem o sexo entre adultos solteiros como algo errado. Na França, país mais liberal, 47% da população vê a questão do sexo antes do casamento como um tema que não deve ser discutido moralmente.

 

  • 9. Veja,agora, a opinião de quem acredita que a política de drogas no país deve mudar(Christopher Furlong/Getty Images)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *